Comissão Beira Trilha obtém mais uma vitória e Onyx cobra comprometimento dos órgãos públicos com a solução.


“Não pode haver uma solução burocrática para a situação, o que nós vimos aqui hoje foi uma ação de “Poncio Pilatos”, só faltou lavarem às mãos”




Com essa fala o Deputado Onyx Lorenzoni, proponente da Audiência Pública, justificou que irá oficiar a convocação do Ministro dos Transportes, Valter Casemiro, já na próxima semana, para que haja um comprometimento político do DNIT para ajustar os contratos e buscar uma solução espelhada nos modelos internacionais.

O Deputado ainda sugeriu que a RUMO se comprometa em fazer painéis de proteção e usar velocidade reduzida de 10km/h no perímetro urbano, para garantir a segurança dos moradores enquanto uma solução definitiva não é adotada.

Com a importante participação de lideranças políticas, como o Deputado Pedro Westphalen e o Senador Lasier Martins entre outros, a Audiência foi marcada por um sentimento de indignação e comoção, conforme relata José Westphalen Neto, presidente do DEM local e articulador da audiência pública junto ao Deputado Onyx Lorenzoni.
 “Ficou evidente na apresentação do Paulo Teixeira, no relato da representante da Defensoria Pública, Isabel Wexel, que a RUMO está tratando os moradores como criminosos e invasores, quando na verdade quem é negligente e prevarica é a RUMO, quando não faz a manutenção dos trilhos e quer expulsar moradores legítimos das suas residências, afirma José Westphalen.

Em manifestação emocionada, o Procurador Geral do Município, Virlei Becker, relatou os inúmeros casos e os esforços do município para solucionar o problema. Na mesma linha, a advogada Carolina Martelli, falou como moradora, relatando que a sua família possui o imóvel desde 1944.

A Audiência Pública, além de reafirmar o compromisso da AGU, através da sua representante, Helena Leão Tapety, que lembrou da atuação do Deputado Perondi, antecipou o convite ao Gerente de Regulatório da RUMO logística, Samuel Rudek para uma conciliação.



Comentários